A Scania e a Nobina, o maior operador de transportes públicos dos países nórdicos, vão testar autocarros eléctricos autónomos em rotas regulares na zona de Estocolmo.

Dois autocarros eléctricos Scania Citywide LF irão estabelecer a ligação entre a nova área residencial de Barkarby, em rápida expansão, localizada a cerca de 20 quilómetros do centro de Estocolmo, e uma estação de metro próxima, ao longo de uma nova rota dedicada, de 5 km, com quatro paragens. Inicialmente prevê-se que cerca de um quilómetro seja conduzido de forma autónoma.

Os ensaios serão realizados em duas fases, inicialmente sem passageiros. Durante a segunda fase, espera-se que este serviço seja utilizado diariamente por cerca de 300 passageiros. A bordo seguirá um condutor de segurança para monitorizar as operações e ajudar os passageiros.

Os sistemas de trânsito e controle dos autocarros autónomos serão geridos conjuntamente pela Scania e a Nobina.

O período de experiência tem o seu início programado para 2020. Durante os ensaios serão recolhidos dados sobre, por exemplo, velocidades médias, tempos de espera, desempenho atempado, resposta aos desvios e satisfação dos passageiros.

“A tecnologia actual já atingiu maturidade suficiente para iniciar ensaios em operações reais com autocarros autónomos na via pública, o que faz deste projeto um dos primeiros do seu género na Europa realizados com autocarros desta dimensão”, afirma Karin Rådström, responsável pelos Autocarros de Transportes Públicos e de Turismo da Scania, citado pela assessoria de imprensa.

 

 

Comments are closed.