O Senado francês aprovou o acordo com Itália para a construção da linha de Alta Velocidade ferroviária entre Lyon e Turim. Esta aprovação é o culminar de um processo de ratificação parlamentar do acordo bilateral entre França e Itália que começou em 2015.

AV Lyon-Turim

A linha, com arranque comercial previsto para 2029, representará um importante passo em frente para o Corredor Mediterrânico da Rede Transeuropeia de Transportes (RTE-T), que ligará a Península Ibérica à fronteira húngaro-ucraniana. A infra-estrutura incluirá um túnel de 57 quilómetros sob os Alpes.

Segundo as previsões do projecto, a partir de 2035 a linha captará mais de 40% do tráfego de mercadorias no trajecto. Em 2015, a ferrovia atraiu apenas 9% das mercadorias. O tráfego previsto para 2035 aponta para que se retirem das estradas cerca de 700 mil camiões.

 

 

 

 

 

Os comentários estão encerrados.