As obras de construção do Metro do Mondego estão no terreno e vão continuar, garantiu o secretário de Estado dos Transportes, na véspera de se encontrar com os autarcas da região para discutir o futuro do projecto.

Carlos Correia da Fonseca adiantou, em declarações à “TSF”, estar já em fase de preparação o concurso para o troço seguinte do traçado, entre o Alto de São João e a Portagem. Segundo o governante, as obras do Metro do Mondego poderão estar concluídas dentro de três anos.

Relativamente ao traçado, o secretário de Estado dos Transportes referiu que a principal questão em aberto prende-se com a construção do troço na zona do Solum, que pressupõe a construção de mais alguns quilómetros em ambiente urbano, ou a utilização exclusiva do canal da linha da Lousã.

Carlos Correia da Fonseca referiu ainda a intenção do Governo de transformar a empresa do Metro do Mondego numa entidade coordenadora do sistema de transportes na região de Coimbra. Um assunto mais para tratar com os autarcas na reunião de amanhã, quarta-feira.

Comments are closed.