O Porto de Setúbal acaba de lançar o concurso público internacional para a melhoria das acessibilidades marítimas, num investimento previsto de 25,3 milhões de euros.

Porto de Setúbal

Com esta obra, a mais importante para o porto do Sado prevista na Estratégia para o Aumento da Competitividade Portuária, Setúbal ficará capaz de receber e operar navios de 3000-4000 TEU.

No essencial, a melhoria das acessibilidades marítimas passará pela realização de dragagens, que permitirão o aprofundamento do canal da barra, de -12,8 para -15 metros, e do canal Norte, de -11,8 para -13,5 metros, além do alargamento do canal de acesso (permitindo o cruzamento de navios) e da criação de uma nova bacia de manobra.

No total, prevê-se a remoção de 3,5 milhões de metros cúbicos de areias. A intervenção – sensível até por ocorrer no estuário do Sado – mereceu  parecer positivo em sede de estudo de impacte ambiental.

Com esta melhoria, o porto de Setúbal ficará mais capacitado para atrair novos tráfegos, tirando partido da capacidade de movimentação de cargas instalada, que está longe de esgotada.

A Estratégia para o Aumento da Competitividade Portuária aponta para um crescimento de 60%, ou 4,5 milhões de toneladas, no movimento de mercadorias em Setúbal num horizonte de dez anos.

 

This article has 2 comments

  1. Encontrada solução para fazer chegar e partir carga marítima está na hora, para não dizer que já tarda, o desenvolvimento das acessibilidades terrestres, mais concretamente por via Ferroviária, a este tão importante Porto localizado no centro do país.
    A “Ilha” ferroviária resultante da não electrificação do acesso à zona central do Porto de Setúbal penaliza severamente a sua rentabilidade e consequentemente o seu crescimento e afirmação sustentada na cadeia logística de transportes.

  2. Parabéns ao porto de Setúbal e ao seu ex-presidente Prof Dr Vítor Caldeirinha, a quem se deve esta obra, que devia ter sido reconduzido no cargo, Leixões também precisa urgentemente de dragar até – 15 metros o seu calado para não continuar a perder para o porto de Vigo e futuramente para o terminal contentores de Ferrol !!