O porto de Setúbal processou em Janeiro 583,5 mil toneladas, mais 70 mil toneladas, ou 13,6%, que no arranque do ano passado.

Os granéis sólidos deram o principal contributo para o resultado positivo, com um avanço homólogo de 20% para as 293 mil toneladas.

A carga geral movimentada no porto sadino cresceu 10%, atingindo as 228 mil toneladas. Mas enquanto a mercadoria fraccionada aumentou 26%, até perto das 168 mil toneladas, a carga contentorizada cedeu perto de 12%, ficando-se pelas 45 mil toneladas. Em Janeiro, Setúbal contou 5 140 TEU, menos 16% que há um ano.

Estável esteve a movimentação de granéis líquidos, na casa das 63 mil toneladas, sensivelmente o mesmo de Janeiro de 2011.

Entretanto, em comunicado, a administração portuária de Setúbal destacou o facto de serem suas clientes, e com importantes movimentos de cargas, quatro das dez maiores exportadoras nacionais em 2011. São os casos da Autoeuropa, Portucel Soporcel, Somincor e Siderurgia Nacional.

Reflexo disso, salienta a APSS, o porto do Sado “posiciona-se como um importante porto exportador, com as mercadorias exportadas a representar cerca de 60% do total de carga movimentada”.

Em Janeiro, das cerca de 584 mil toneladas movimentadas, 305 mil corresponderam a cargas destinadas à União Europeia (perto de 80 mil) e a países terceiros (225 mil).

Comments are closed.