O porto de Setúbal movimentou 2,3 milhões de toneladas nos primeiros quatro meses do ano, menos 100 mil toneladas, ou 4%, que no período homólogo de 2011.

A quebra das importações, em particular de países terceiros, é a principal explicação para os resultados do porto do Sado. Foram cerca de 150 mil toneladas a menos (-26%). Que o aumento de 11% (100 mil toneladas) nas exportações para fora da Europa não conseguiu compensar.

Entre Janeiro e Abril, Setúbal processou 1,07 milhões de toneladas de granéis sólidos (menos 8,4%), 1,02 milhões de toneladas de carga geral (mais 0,3%) e 224 mil toneladas de granéis líquidos (menos 0,7%).

No mesmo período, o movimento de contentores caiu 11,3% para os 17 440 TEU.

Entre os terminais públicos, o Multiusos 2 teve o melhor comportamento, com um incremento de 9,6% nas cargas movimentadas, para um total de quase 380 mil toneladas. Ao invés, o Multiusos 1 recuou 22% para cerca das 514 mil toneladas.

Comments are closed.