Em jeito de prenda pela passagem do 85.º aniversário, o Porto de Setúbal fechou o ano de 2010 com um recorde absoluto na movimentação de cargas.

O Porto de Setúbal “passou, em 2010, a fasquia dos sete milhões de toneladas”, anunciou em comunicado a administração portuária, sem no entanto precisar o registo definitivo.

Certo é que o resultado do ano findo representa um novo máximo histórico, superando em pelo menos 2,9% o anterior recorde, fixado em 2007, quando passaram pelo porto sadino 6,8 milhões de toneladas.

Relativamente ao ano de 2009 (marcado que foi pela crise, que custou cerca de 900 mil toneladas ao movimento portuário em Setúbal), a marca agora anunciada reflecte um crescimento homólogo de pelo menos 18,6%.

Já nos primeiros dias de Dezembro a APSS havia anunciado a quebra do recorde de 2007. Na altura, a autoridade portuária destacou a estilha de madeira, os produtos metalúrgicos, veículos automóveis, produtos agrícolas, adubos, clínquer e cimento como os produtos que mais contribuíram para o bom resultado, e os dois terminais multiusos por registarem crescimentos acima dos 50%.

Os comentários estão encerrados.