O projecto de Alta Velocidade português poderá ser financiado pela Siemens, através dos fundos da Siemens Financing Services.

“A Siemens tem uma área, a Siemens Financing Services, onde toma parte a Siemens Project Ventures (SPV), que tem disponíveis acima de uma dezena de milhar de milhões de euros para projectos deste tipo em todo o mundo”, avança o director da Siemens Mobility, citado pelo “DE”.

Manuel Nunes não avançou as condições em que tal financiamento poderá ser concedido, para além da óbvia participação do grupo germânico na implementação do projecto. Todavia, aquele responsável sublinhou que “esta capacidade financeira da Siemens tem sido utilizada por vários operadores e empresas pelo mundo fora e nada impede que seja também utilizada por Portugal e por clientes portugueses”.

Certo é que a Siemens ainda não terá tomado a iniciativa de apresentar esta hipótese de solução aos governantes portugueses, a braços com sérias dificuldades para levarem por diante o projecto da Alta Velocidade.

Manuel Nunes dá, antes, conta da disponibilidade da potência alemã para escutar qualquer pedido que lhe venha a ser feito nesse sentido, seja pelo Ministério das Obras Públicas, seja pelas Finanças, ou por ambos.

Os comentários estão encerrados.