O centro de competências da Siemens para terminais portuários, centrado em Portugal, está a desenvolver mais quatro projectos em Espanha, Dubai, Moçambique e Roménia.

Siemens Portugal trata dos terminais da Europa, Médio Oriente e África

O Cranes Engineering Hub, centro de competências da Siemens Portugal que desenvolve soluções para terminais portuários para a região da Europa, Médio Oriente e Ásia, está envolvido em quatro novos projectos, em Barcelona, no Dubai, em Maputo e em Constança, anunciou.

As intervenções deste centro de competências nacional “podem ir de simulações das máquinas, ao design e desenvolvimento de pórticos novos, passando pelas modernizações de máquinas mais antigas. Tal pode incluir todo o projecto, desde a engenharia, fornecimento de hardware e software e colocação em serviço. Em projectos de modernização, estas intervenções permitem aumentar o ciclo de vida da componente eléctrica e de automação das gruas e pórticos, em cerca de 20 anos. Aumentam ainda a eficiência das infra-estruturas, reduzem as emissões de CO2 e permitem reduzir os consumos energéticos”, refere o comunicado emitido a propósito dos novos negócios.

A equipa portuguesa tem desenvolvido competências na criação de “Gémeos digitais”, que na prática são réplicas digitais da realidade dos terminais, onde é possível simular várias soluções antes de avançar com os investimentos, e também na automação, como por exemplo a operação remota ou semi-autónoma dos pórticos, a partir de uma sala de controlo.

“Ao longo dos últimos anos, este sector tem registado um dinamismo muito interessante, com cada vez mais gestores de terminais portuários, de diferentes geografias, interessados em estender o tempo de vida útil das suas máquinas, tornando-as mais eficientes; e a apostar na digitalização, que permite, por exemplo, fazer as manobras com maior rapidez e aumentar a produtividade geral das operações”, comenta Luís Bastos, responsável por esta unidade de negócios da Siemens Portugal, citado no comunicado.

A equipa já intervencionou e modernizou mais de 90 pórticos e gruas, em dez países: Grã-Bretanha, Espanha, França, Roménia, Turquia, Emirados Árabes Unidos, Egipto, Moçambique, Aruba e Portugal – onde tem trabalho desenvolvido em todos os principais portos.

“Para além dos vários projectos que temos em curso, a equipa está a acompanhar novas oportunidades de negócio interessantes no Médio Oriente e em vários países europeus”, acrescentou Luís Bastos.

This article has 2 comments

  1. A Siemens Portugal moderniza terminais estranjeiros e não moderniza terminais portugueses, ao que chegou Portugal !?

  2. Leia agora tudo, mas devagarinho… “A equipa já intervencionou e modernizou mais de 90 pórticos e gruas, em dez países: Grã-Bretanha, Espanha, França, Roménia, Turquia, Emirados Árabes Unidos, Egipto, Moçambique, Aruba e Portugal”.

    Vê? não é só no estranGeiro.

    Obrigado e volte sempre.