Armamar é, a partir de hoje, o 13.º município a dispor de uma oferta de transportes públicos alternativa, numa parceria da Transdev com as autarquias.

O SIM (Sistema Integrado de Mobilidade) de Armamar integra sete circuitos que ligam as localidades rurais à sede do município, numa lógica radial.  Três dos circuitos realizam-se às segundas-feiras, os demais sucedem-se nos dias seguintes.

A cada 15 dias, às segundas-feiras, dia de feira em Armamar, funcionarão todos os circuitos em simultâneo.

Em cada linha haverá apenas uma viagem em cada sentido, com as chegadas a Armamar a acontecerem ao início da manhã, entre as 8 e as 9h30, e os regressos a verificarem-se à hora do almoço.

Em complemento mas integrado na oferta do SIM haverá um serviço de transporte a pedido, que cobrirá cinco localidades mais retiradas, à razão de uma por dia da semana.

O preço único da viagem será de um euro. Nas primeiras duas semanas a utilização do serviço será gratuita.

O SIM de Armamar foi desenvolvido em parceria entre a Transdev e o município local, mas replica no essencial o modelo já implementado noutros 12 municípios, casos de Góis, Belmonte, Oliveira de Azeméis, Pinhel ou Trancoso.

A Transdev diz estar a negociar mais seis localizações.

 

Tags:

Os comentários estão encerrados.