A AP Sines escolheu a portuguesa Egapi Techonologies para comercializar no mercado internacional o Cartão Único Portuário desenvolvido no porto alentejano.

O Cartão Único Portuário (CUP) é um instrumento de simplificação e de agilização dos procedimentos de autorização e de reforço dos níveis de segurança e de protecção nos controlos de fronteira e nos acessos aos depósitos aduaneiros.

O CUP é emitido electronicamente (no caso de Sines pode ser solicitado através do site da administração portuária) e previamente validado pelas diferentes entidades – fronteira, marítima, portuária e instalações portuárias – envolvidas no tráfego marítimo-portuário de passageiros e mercadorias.

As portarias de todas as áreas internacionais do porto são integradas neste modelo de agilização dos procedimentos, reduzindo os tempos de autorização (que são previamente emitidas). Tudo no estrito cumprimento dos requisitos do Código ISPS.

Para efeitos de controlo de acessos aos navios – tripulantes, passageiros e entradas a bordo – este software integra-se com a Janela Única Portuária, na qual reside toda a informação das escalas de navios, permitindo que os utilizadores do porto tratem toda a informação de uma só vez e por um único canal.

A criação do Cartão Único Portuário foi realizada com base no trabalho de simplificação desenvolvido no Fórum de Simplificação de Procedimentos do Porto de Sines, com uma especial participação do SEF de Sines. A Egapi Techonologies foi o parceiro tecnológico em todo o processo.

Este não é o primeiro caso de soluções desenvolvidas no seio dos portos nacionais que tenta fazer o seu caminho no mercado internacional. Outro exemplo bem conhecido é o da Janela Única Portuário, que está a ser comercializado mundialmente pela Indra, e que está já em fase de instalação nos portos de Cabo Verde.

Comments are closed.