O porto de Sines movimentou 1,3 milhões de TEU nos primeiros nove meses do ano, anunciou, em comunicado, a administração portuária liderada por José Luís Cacho.

Sines - MSC Busan

Na comparação com o resultado do período homólogo do ano passado, o crescimento da actividade do Terminal XXI atingiu os 23%.

Em termos globais, o porto alentejano somou 38,6 milhões de toneladas entre Janeiro e Setembro, 2% acima dos 37,9 milhões de toneladas de há um ano.

A carga geral (leia-se, carga contentorizada) deu um especial contributo para o bom resultado, com 16,5 milhões de toneladas (14,6 milhões, no final de Setembro de 2016), ou seja, 43% dos volumes totais processados.

A administração portuária destaca também a mais do que duplicação dos movimentos de GNL: cresceram 106% e atingiram os dois milhões de toneladas. E limitaram os efeitos da quebra na movimentação dos produtos petrolíferos (em boa parte, devida ao fim do transbordo de cargas destinadas a Leixões). No conjunto, os granéis líquidos movimentaram cerca de 17,5 milhões de toneladas (19 milhões há um ano).

Os granéis sólidos avançaram cerca de 12%, para a casa dos 4,6 milhões de toneladas, puxados pelas descargas do carvão.

Comments are closed.