O porto de Sines movimentou 11,3 milhões de toneladas no primeiro trimestre. Um salto de 13,4% face ao realizado no período homólogo de 2015 e um folgado recorde histórico.

Sines

A carga geral foi a que mais contribuiu para o resultado muito positivo, com um aumento de 25,2%, de 3,3 para 4,2 milhões de toneladas. O movimento de contentores avançou 10,9% e atingiu os 309 822 TEU.

Os granéis sólidos, com destaque para o carvão, também ajudaram à “festa”. Cresceram 29,4%, tendo passado de 1,4 para 1,8 milhões de toneladas.

Comparativamente, os granéis líquidos tiveram uma fraca performance, com um ganho de apenas 1,7% e 5,4 milhões de toneladas movimentadas.

Entre Janeiro e Março, o porto de Sines foi demandado por 583 navios, mais 20,7% que no primeiro trimestre do ano passado. Mais navios e de maiores dimensões, com a tonelagem bruta  a crescer 24,1%.

Notee-se que o porto de Sines já vale de mais de 51% do movimento total de mercadorias nos portos do Continente, de acordo com os dados divulgados pela AMT.

 

Comments are closed.