No primeiro semestre, o movimento de mercadorias cresceu mais de 25%, para um máximo histórico de 21,8 milhões de toneladas. Os granéis deram o maior contributo, nas os contentores também bateram recordes.

Sines - Terminal XXI

Sem paragens na refinaria nem condições climatéricas adversas e consolidadas as mexidas nos serviços de contentores, Sines não pára de crescer e de aumentar o seu peso específico no sistema portuário nacional.

Com todos os segmentos de carga em alta, o porto alentejano fechou o primeiro semestre com 21,8 milhões de toneladas movimentadas, 25,4% acima do realizado na primeira metade de 2014.

A movimentação de granéis líquidos avançou 32% para os 10,8 milhões de toneladas. Os granéis líquidos subiram 54,4% até aos 2,9 milhões de toneladas. E a carga geral contentorizada cresceu 10,7% para 8,1 milhões de toneladas.

Depois de um primeiro trimestre fraco, em boa parte consequência de alguns rearranjos na procura motivados pela operacionalização da aliança 2M (Maersk Line – MSC), o Terminal XXI acelerou a fundo no segundo trimestre, superando em Junho os 140 mil TEU movimentados.

Um recorde mensal, que ajudou ao recorde trimestral e garantiu um recorde semestral de 596 480 TEU, 13,5% mais do que o conseguido no período homólogo do ano passado.

This article has 2 comments

  1. Parabéns Autoridade de Singapura, MSC e Sines !!!

  2. adeus porto de lisboa… grande banhada que vao levar mais uns a ficar a toa… vai ser o principal porto de portugal e o de lisboa vai acabar…