O porto de Sines subiu três lugares no ranking dos maiores portos de contentores do mundo de 2017, elaborado pela Alphaliner, e ganhou terreno à maioria dos seus concorrentes europeus.

Sines, que em 2016 foi o 91.º porto do mundo (numa entrada directa para o top 100 da Alphaliner) terminou agora o exercício transacto na 88.ª posição, mercê dos 1,67 milhões de TEU movimentados.

A crescer 10,3% em termos homólogos, o porto alentejano superou largamente a média do mercado (que avançou 6,1% para 600 milhões de TEU) e, logo, reforçou a sua quota.

Mas não só. No “campeonato” europeu, Sines reforçou também o seu 15.º lugar, tendo ganho terreno a nove dos portos que o precedem na classificação.

Caso para dizer que 2016 só não terá sido perfeito para Sines, em termos de rankings, porque na Península Ibérica Barcelona, o rival mais directo, “disparou” mais de 30% no ano findo.

Sines foi o quinto porto de contentores que mais cresceu na Europa no ano passado, e de muito longe o que mais cresceu na década. E o espaço de progressão existe ainda e poderá conhecer um novo impulso assim avance o projectado novo terminal de contentores. Note-se que actualmente Sines tem apenas o Terminal XXI e, no essencial, a MSC.

» Top Alphaliner: Xangai reforça liderança e Roterdão sobe um lugar

Os comentários estão encerrados.