O porto de Sines ascendeu ao terceiro lugar do ranking ibérico em carga movimentada, tendo destronado Barcelona no final do primeiro trimestre.

Porto de Sines

Entre Janeiro e Março, o porto alentejano movimentou 11,3 milhões de toneladas, fruto de um crescimento homólogo de 13,4%. Já o porto da cidade condal, sabe-se agora, processou no mesmo período 11,2 milhões de toneladas, mais 5,6% que no primeiro trimestre de 2015.

E assim, embora por uma “unha negra”, Sines superou Barcelona e terminou o trimestre na terceira posição na Península, só superado (e a grande distância) por Algeciras e Valência.

No outro “duelo” particular, o da movimentação de contentores, entre Sines e Barcelona, o porto catalão continua a levar vantagem mas a distância encurtou-se, uma vez o Terminal XXI cresceu mais (10,9%) que os rivais espanhóis.

Portos espanhóis somam 121 milhões de toneladas

Os portos espanhóis movimentaram 121,1 milhões de toneladas no primeiro trimestre, o que representa um crescimento homólogo de 5,7%, divulgou a Puertos del Estado.

Entre os principais portos, Algeciras foi o que mais cresceu e reforçou a liderança: movimentou 25,7 milhões de toneladas, mais 8,8% que há um ano. O porto de Valência, por seu turno, perdeu quota de mercado, ao crescer apenas 4,5%, mas ainda assim manteve o segundo lugar no ranking do país vizinho com 17,5 milhões de toneladas. No terceiro posto, Barcelona evoluiu em linha com o mercado – 5,6% em termos homólogos – tendo acumulado 11,2 milhões de toneladas no final de Março.

A carga geral contentorizada foi a que teve o melhor comportamento no primeiro trimestre, com uma subida homóloga de 7,7% até aos 40,1 milhões de toneladas. Os granéis solidos subiram 6,7% para os 23,9 milhões de toneladas. E os granéis líquidos cresceram 3,95% e chegaram aos 41,8 milhões de toneladas. A carga geral fraccionada valeu 15,99 milhões de toneladas (mais 3,9%).

Entre Janeiro e Março, o movimento de contentores nos portos do país vizinho atingiu os 3,53 milhões de TEU, num avanço de 4,5% face ao primeiro trimestre de 2015.

O porto da Baía de Algeciras recuperou o comando do mercado, com um crescimento de 14,2% até aos 1,16 milhões de TEU. Beneficiou da quebra de Valência, que cedeu 2,6% e se quedou nos 1,14 milhões de TEU. Barcelona contou perto de 492 mil TEU (a ganhar 7,5% em termos homólogos) e Las Palmas prosseguiu a “travessia do deserto”, com apenas 198 mil TEU movimentados (menos 12,4%).

 

This article has 1 comment

  1. luis pereira

    Notícia fantástica esta porque mostra o Alentejo a ultrapasar a Catalunha, força Sines, força Alentejo !!