O porto de Sines continua a aproximar-se de Barcelona e do terceiro lugar no ranking ibérico na movimentação de contentores, a avaliar pelos resultados do primeiro trimestre.

Porto de Barcelona - TCB

Depois de, em 2015, ter mais do que duplicado o ritmo de crescimento de Barcelona, em TEU movimentados, Sines voltou a suplantar o porto da cidade condal no primeiro trimestre de 2016, ainda que com uma vantagem mais curta. No ano passado, o Terminal XXI cresceu 8,5% até aos 1,3 milhões e acabou mais perto de Barcelona, que progrediu 3,8% para 1,96 milhões de TEU.

Agora, no acumulado de Janeiro a Março, Sines somou 309 822 TEU (mais 10,9% em termos homólogos), enquanto Barcelona atingiu os 493 026 TEU (mais 7,8%). A diferença, pode-se dizê-lo, ainda é significativa mas continua a diminuir.

Subiu de 20.º para 17.º no ranking europeu

No ano passado, de resto, Sines foi, de novo, dos portos europeus que mais cresceu neste segmento de mercado, cotando-se no 17.º lugar no ranking elaborado pela espanhola Transportes XXI (era 20.º no final de 2014).

Melhor que Sines, em termos percentuais, só  Koper e Livorno fizeram, mas ambos com totais absolutos significativamente inferiores aos do porto português.

Sem surpresa, Roterdã0 mnteve-se como número um europeu, com 12,2 milhões de TEU movimentados (mais 1% em termos homólogos). Já surpreendente (pelo menos para os menos atentos) foi a ultrapassagem de Antuérpia a Hamburgo, no segundo lugar. O porto belga avançou 7% para 9,6 milhões de TEU, enquanto o alemão caiu mesmo 9% para 8,8 milhões de TEU.

Na Península Ibérica, Valência foi primeiro – e quinto na Europa – com 4,6 milhões de TEU (mais 4% em termos homólogos). Algeciras continuou segundo – sexto no Continente – com 4,5 milhões de TEU (menos 1%). Barcelona fechou o ano como o 14.º maior porto europeu na movimentação de contentores.

 

Comments are closed.