O porto de Sines alcançou o seu melhor resultado semestral de sempre, com um crescimento de 22% nas cargas movimentadas, para um total de 14,3 milhões de toneladas.

Em termos absolutos, o crescimento homólogo superou os 2,5 milhões de toneladas, com o contributo de todos os tipos de carga, em especial a carga geral e os granéis sólidos. Estes últimos avançaram 73%, de 1,6 milhões para 2,8 milhões de toneladas, puxados pelas movimentações de carvão.

A carga geral cresceu 38%, de 2,3 milhões para 3,2 milhões de toneladas. O Terminal XXI processou 260 354 TEU, o que representou um aumento homólogo de 28%. Abril foi o melhor mês de todos, com um registo de 52 619 TEU, um novo máximo nacional (superando os cerca de 50 mil TEU contabilizados pelo TCL, em Leixões, em Março).

Os granéis líquidos subiram 6%, de 7,8 milhões para 8,2 milhões de toneladas, com a movimentação de ramas a compensar o decréscimo no gás natural liquefeito.

Recorde foi também o volume das cargas de exportação processadas em Sines entre Janeiro e Junho. Foram 3,3 milhões de toneladas, mais 49% do que no mesmo período de 2011. As exportações para países terceiros dispararam 71%.

No balanço do primeiro semestre, registe-se ainda o aumento de 3% no número de navios que escalaram Sines (806 contra 781) e, mais significativo, o aumento de 14,5% na tonelagem bruta.

 

Comments are closed.