Dan Brouillette, Secretário da Energia dos Estados Unidos da América, visitou o Porto de Sines no dia 12 de Fevereiro, acompanhado pelo Embaixador daquele país em Lisboa, George Glass.

Pedro Nuno Santos, Ministro das Infraestruturas e Habitação, e Alberto Souto de Miranda, Secretário de Estado Adjunto e das Comunicações, receberam a comitiva, acompanhados pelo Conselho de Administração da APS.

Esta visita veio confirmar o crescente interesse que o governo Americano tem demonstrado no Porto de Sines, nomeadamente no que diz respeito ao incremento das trocas comerciais de GNL – Gás Natural Liquefeito. De facto, a visita iniciou-se no Terminal de GNL de Sines, responsável pelo fornecimento de cerca de 90% das necessidades do nosso país, tem vindo a receber parte do GNL que importa dos EUA (o designado Shale Gas).

Outro segmento de carga que tem estado na ordem do dia da agenda bilateral Portugal – EUA é a carga contentorizada. A PSA Sines, concessionária do Terminal de Contentores de Sines – Terminal XXI, recebeu a comitiva na frente de cais que será alvo de expansão num futuro próximo. Os responsáveis do terminal tiveram oportunidade de apresentar o planeamento que permitirá duplicar a capacidade instalada da infraestrutura para 4,1M TEU, oferecendo uma frente de cais de 1. 50m.

Ainda no que diz respeito à carga contentorizada, José Luís Cacho, Presidente da APS, apresentou o futuro terminal de contentores – Terminal Vasco da Gama, cujo concurso público internacional foi lançado no passado mês de Outubro, e que tem vindo a atrair a atenção de algumas empresas americanas.

A visita do governante norte-americano foi acompanhada por uma delegação empresarial, composta por empresas ligadas ao Gás Natural – Venture Global LNG, Next-Decade, Cheniere e Penn America Energy, e à construção e operação de terminais de contentores – Ports America, Jacobs Engineering, Bechtel Civil Infrastructure e AECOM.

De lembrar que o Porto de Sines oferece quatro serviços regulares semanais e bi-semanais para os EUA, com escala nos principais portos americanos em ambas as costas – Este e Oeste.

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*