A SM Line, a mais recente companhia de transporte marítimo de contentores do mundo, tem como objectivo lançar serviços para a Costa Leste do Estados Unidos.

SM Line

A SM Line lançou-se na semana passada com um serviço intra-Ásia e, a partir de 21 de Abril, irá alinhar cinco navios que pertenciam à frota da falida Hanjin Shipping no serviço Ásia-Costa Oeste dos Estados Unidos.

O presidente da nova companhia, Kim Chil-bong referiu, em entrevistas à comunicação social sul-coreana, que o próximo passo é lançar um serviço para a Costa Leste dos Estados Unidos. Escalará em Savannah e Nova Iorque a partir do final do próximo ano, segundo o executivo.

A SM Line foi criada pelo grupo sul-coreano Samra Midas, que também detém a Korea Line.

A actual frota da companhia é composta por 12 navios, porta-contentores de 6 500 TEU ex-Hanjin e outros de menor dimensão. Kim Chil-bong indica que a companhia está no mercado para navios de 8 000 a 10 000 TEU.

A SM Line tem planos para ter uma frota de 21 navios (com capacidade conjunta de 110 000 TEU) até 2018. O objectivo do presidente da companhia é que esta feche 2017 com receitas de 400 mil milhões de wons sul-coreanos (326,9 milhões de euros). A meta a cinco anos é de três biliões de milhões de wons sul-coreanos (2,45 mil milhões de euros).

 

 

 

Comments are closed.