A SNCF firmou ontem uma encomenda de 100 comboios de Alta Velocidade (TGV) de nova geração da Alstom, por 2,7 mil milhões de euros.

SNCF encomenda à Alstom 100 TGV do Futuro

As novas composições TGV do Futuro, como é apresentado, entrarão ao serviço entre 2023 e 2033. Na versão de dois pisos, poderão transportar 740 passageiros, mais 20% do que os maiores comboios actualmente em operação.

Mais 20% de capacidade e menos 20% de custos. No comunicado emitido a propósito do negócio, a Alstom salienta que esta nova geração custa menos 20% que a geração precedente. E o mesmo acontecerá com os custos de exploração, garante, por seu turno, a SNCF, que dá o exemplo de uma poupança de 20% no consumo de energia eléctrica.

A operadora francesa fala numa “verdadeira ruptura, em termos de competitividade, com uma redução importante dos custos de aquisição e de exploração”.

Os TGV do Futuro da Alstom terão ainda de ser detalhados, construídos e homologados.

 

Tags:

Comments are closed.