A Fret SNCF está a testar em condições reais a realização de comboios de mercadorias duplos, com mil metros de comprimento e capacidade de carga de até 5 600 toneladas.

Projecto Marathon

Os testes reais do projecto europeu Marathon, que arrancaram em Outubro e vão decorrer até Dezembro, contemplam a realização de 12 composições com mil metros de comprimento, que circularão entre Somain (Pas-de-Calais) e Woippy (Moselle).

O objectivo é comprovar os resultados dos primeiros comboios experimentais, um eléctrico e um diesel, que, com 1 500 metros de comprimento, circularam, no início de 2014, entre Lyon e Nîmes.

As provas agora em curso querem comprovar as operações de engate e desengate dos comboios, o comportamento dinâmico das composições, o cumprimento de horários, etc..

As composições, com até um quilómetro de comprimento, poderão transportar entre 2 500 e 5 600 toneladas de carga. A tracção é garantida por duas locomotivas, que nestes casos não estão ligadas via rádio, o que obriga a que cada uma tenha um maquinista presente.

Se os testes reais correrem de acordo com o desejado, a exploração comercial de comboios com mil metros poderá iniciar-se em 2018 ou 2019 e os de 1 500 metros a longo prazo. Em qualquer dos casos, muito mais tarde do que o inicialmente previsto (2016).

Estes comboios duplicam a carga transportada face aos tradicionais sem obrigarem a novos traçados e recorrendo a apenas mais 20% de utilização da capacidade da linha.

Actualmente, em França os maiores comboios de mercadorias têm 850 metros e na Alemanha 835 metros. Por cá, ainda se aposta em generalizar os comboios de 750 metros.

» França testa comboio de mercadorias de 1 500 metros

» Comboio de 1 500 metros com tracção diesel testado com êxito

Os comentários estão encerrados.