Stanley Lim Hwee Hong, de Singapura, foi o escolhido para presidir à FIATA nos próximos dois anos.

A eleição aconteceu na Assembleia Geral daquele organismo, realizada no Cairo. Lim Hwee Hong tem já um vasto currículo como dirigente da FIATA. Em 1995 foi eleito vice-presidente. Em 2001 oi escolhido para vice-presidente sénior e em 2007 assumiu as funções de tesoureiro.

Lim Hwee Hong sucede a Jean-Claude Delen (Bélgica), que todavia se mantém na Presidência da FIATA como ex-presidente. Compõem ainda o elenco William Gottlieb (Canadá), Heiner Rooge (Alemanha), Francesco Parisi (Itália), Suwit Ratanachinda (Tailândia) e Babar Badat (Paquistão).

A FIATA – Federação Internacional das Associações de Transitários representa cerca de 40 mil companhias transitárias e operadores logísticos, que empregam dez milhões de funcionários em 150 países. Assume-se por isso como a maior organização não-governamental na área dos transportes.

A APAT é a associada portuguesa da FIATA. Jean-Claude Delen, o presidente agora cessante, participou ainda no Fórum Internacional de Transitários, realizado pela associação nacional, no ano passado, em Lisboa.

Comments are closed.