Os primeiros contentores importados da China utilizando a plataforma tecnológica Adnavem Marketplace chegaram ao porto de Gotemburgo.

O sucesso deste primeiro “piloto” foi anunciado pela start-up tecnológica sueca que dá o nome à plataforma de e-booking,

A marca sueca de calçado Icebug planeou e contratou, com diferentes interlocutores, toda a cadeia de transporte entre a China e a Suécia utilizando a Adnavem Marketplace, que se assume já como uma concorrente “mais disruptiva” da norte-americana Flexport.

Na fase de testes, a plataforma foi utilizada para contratar transportes com a Maersk Line, a MSC e a CMA CGM. Depois do sucesso da primeira operação “a sério”, os responsáveis da start-up estão a negociar com transportadoras asiáticas, uma vez que apostam, para já, nos tráfegos entre a Ásia e a Europa.

“Este é um marco para nós. Temos agora a confirmação de que os nossos algoritmos funcionam, e não apenas em teoria. Isto é apenas o princípio e estamos ansiosos por continuar a nossa missão de mudar a forma como as empresas compram transportes”, referiu a propósito o CEO da Adnavem, citado pela assessoria de imprensa.

 

Os comentários estão encerrados.