A STEF regista uma ligeira recuperação da sua actividade no 3.º trimestre de 2015 em resultado da retoma confirmada do consumo alimentar em França e na Europa.

Repartição do volume de negócios:

(Em milhões de euros)

Terceiro trimestre 2014 2015 Variação em
%
% Na mesma base de
comparação
Actividades do Grupo 611,5 627,1 2,6% 2,0%
Vendas realizadas por conta de terceiros 94,3 101,4 7,5% 7,5%
TOTAL 705,7 728,5 3,2% 2,8%

As vendas realizadas por conta de terceiros (clientes de restauração) registam-se em França, em Espanha e na Bélgica.

Volume de negócios por actividade

(Em milhões de euros)

Terceiro trimestre 2014 2015 Variação em
%
% Na mesma base de
comparação
Transporte em França 305,5 305,5 0,0% 0,0%
Logística em França 122,5 128,6 5,0% 4,3%
Actividades europeias 144,8 155,7 7,5% 5,8%
Subtotal de Transporte e Logística 572,8 589,7 3,0% 2,4%
Actividades marítimas 32,5 31,8 -2,3% -2,3%
Outras 100,4 107,0 6,6% 6,6%
TOTAL 705,7 728,5 3,2% 2,8%

As principais variações da base de comparação do período em questão respeitam a:

–       Logística em França: a empresa GEFA (entreposto frigorífico em Auvergne), detida a 100% desde o fim de Março de 2015 (34% até essa data), contribui com um volume de negócios de 0,9 M€ no período em questão;

–       Actividades europeias: o volume de negócios da SPEKSNIJDER (Países Baixos), adquirida em Setembro de 2014, representa 2,4 M€ no 3.º trimestre de 2015.

Transporte em França

O volume de negócios do Transporte em França mantém-se estável no trimestre. De facto, apesar de se ter registado um aumento de 1,8% das toneladas transportadas pela rede, a actividade continua a sofrer o impacto da baixa do preço dos combustíveis que se repercute na facturação, com uma diminuição de 8,3 M€ entre o 3.º trimestre de 2014 e o 3.º trimestre de 2015.

Logística em França 

 O crescimento do volume de negócios da Logística em França atingiu +5% no 3º trimestre. Esta evolução, superior à dos trimestres anteriores, justifica-se pelo trabalho realizado junto dos clientes da indústria agro-alimentar na optimização dos seus fluxos logísticos e pelo aumento da taxa de ocupação média dos armazéns de congelados (+1,5%).

Actividades europeias

As actividades europeias continuam a progredir em relação às tendências observadas nos dois primeiros trimestres. As actividades em Itália, em Espanha e nos fluxos europeus mantêm a tendência positiva.

Actividades marítimas 

A actividade do 3.º trimestre, sustentada por uma boa época estival, traduz-se no aumento do tráfego (+4% em mercadorias e +19% em passageiros). Contudo, devido à baixa do preço dos combustíveis, reflectida nas tarifas, o volume de negócios sofre uma redução de 2,3%.

O volume de negócios acumulado a 30 de Setembro de 2015 sobe para 2.089,2 M€ em comparação com 2.037,1 M€ em 2014, registando uma subida de 2,6%.

 

Comments are closed.