É o mais ambicioso plano de investimentos no sector ferroviário na Suécia. Serão 6,5 mil milhões de euros aplicados na modernização da rede, em particular dos corredores que servem o tráfego de mercadorias.

Cerca de 3,5 mil milhões de euros terão como destino o chamado Eastern Link, entre Järna e Linköping. Trata-se de uma rede que serve a região sudoeste do país e por onde passam os comboios de mercadorias com destino a Copenhaga e à Europa continental.

Os trabalhos começarão em 2017 e deverão ficar concluídos em 2028. O projecto compreende a construção de uma nova linha de ligação ao aeroporto de Skavsta.

Para 2020 está previsto o arranque das obras nas ligações entre Gotemburgo e Boras e Molnlycke e Bollebydg, incluindo a construção de uma linha para o aeroporto Landvetter, em Gotemburgo. Quatro anos é o prazo estimado.

No final, acredita o governo sueco, o país disporá de um sistema ferroviário mais moderno, mais rápido, mais eficiente e que permitirá oferecer melhores serviços, em especial aos transportadores e carregadores.

O investimento será alavancado pelos fundos gerados pela economia sueca, que atravessa um bom momento.

Comments are closed.