A Svitzer anunciou hoje a venda das operações em Portugal a uma sociedade participada por Rui Cruz, o actual director-geral da companhia. O Grupo Sousa também participa no negócio.

A Svitzer anunciou, em comunicado, a venda das operações nos portos portugueses a uma sociedade denominada Pioneiro do Rio – Serviços Marítimos, Lda, de que Rui Cruz, actual dirctor-geral da Svitzer Portugal é um dos accionistas.

O valor do negócio não foi divulgado. A conclusão da transacção deverá ocorrer no segundo semestre do ano corrente, assim sejam obtidas as necessárias autorizações e pareceres, desde logo da Autoridade da Concorrência.

A Svitzer justifica a saída do mercado português com o declínio dos volumes de actividade, as reduzidas sinergias com as actividades da Svitzer noutros mercados europeus, e com a fraca performance financeira do negócio.

A companhia de reboques e serviços marítimos do grupo Maersk estabeleceu-se em Portugal em 2005 e está presente nos portos de Lisboa, Setúbal e Sines. O negócio com a Pioneiro do Rio engloba a frota de 15 rebocadores e respectivas tripulações, além do pessoal de terra.

No início do ano, a Svitzer foi alvo de uma queixa da Rebonave junto da Autoridade da Concorrência, por alegadas práticas predatórias do mercado, com a negociação dos preços dos serviços a ser feita a nível internacional. O resultado não é conhecido, mas na altura, ao TRANSPORTES & NEGÓCIOS, a empresa garantiu cumprir a lei.

Grupo Sousa também entra

O comunicado da Svitzer não o diz, mas o Grupo Sousa está também envolvido na transacção, a par da Pioneiro do Rio.

Num comunicado emitido, as duas empresas dão conta da parceria para a compra do negócio português dos reboques dinamarqueses. O texto não detalha, porém, o acordo entre as partes, nomeadamente qual será a participação de cada uma na nova estrutura societária.

A Pioneiro do Rio, onde Rui Cruz está com Ana Margarida Severino, presta de serviços de amarração, acostamento e emergência nos portos de Lisboa e Sines, tendo como parceiros e Svitzer e a Portrac.

Já o Grupo Sousa assume-se como o maior armador nacional e um dos principais grupos do sector marítimo-portuário nacional, com investimentos no transporte marítimo, operações portuárias e logística.

» LER MAIS

 

Tags:

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*