O governo de Taiwan estará a estudar a possibilidade de fusão de Yang Ming Transport Corp e da Taiwan International Ports Corp (TIPC) no âmbito do pacote de 16 mil milhões de euros de ajudas às companhias locais do sector marítimo.

yang-ming

O Comité dos Transportes reuniu na segunda-feira e abordou possíveis medidas para resgatar a endividada Yang Ming. A companhia registou um prejuízo de 13 mil milhões de dólares da Taiwan (381,2 milhões de euros) no período de Janeiro a Setembro de 2016.

Foi o deputado do Partido Democrático Progressista (PDP) Chen Ou-po quem propôs, na reunião do Comité dos Transportes, que a Yang Ming, detida a 33% pelo Estado de Taiwan, se funda com a 100% estatal TIPC.

Chen Ou-po defende, segundo a comunicação social local, que é complicado para a Yang Ming fundir-se com a também transportadora de contentores Evergreen por esta última ser privada. A TIPC foi criada em 2012 para assumir a gestão portuária em Kaohsiung, Keelung, Taichung e Hualien.

O deputado do PDP salientou que a Yang Ming regista prejuízos desde 2009 e que o Ministério dos Transportes e Comunicações deve responsabilizar os gestores da companhia que tomaram as decisões que a levaram a este cenário.

A Yang Ming é a número nove no ranking mundial de companhias de transporte marítimo de contentores, com uma quota de mercado de 2,7% (cerca de 566 mil TEU), de acordo com a Alphaliner.

 

 

 

Comments are closed.