A Takargo está a negociar com a CP o aluguer de duas locomotivas eléctricas para realizar o transporte de jet fuel entre Sines e o aeroporto de Faro, avança o “Público”.

CP 2600

 

Em causa estão duas máquinas da série 2600, das cerca de duas dezenas que a CP desafectou do serviço comercial, alegadamente por limitações de velocidade (só atingem os 160 km/hora), e que deverão acabar abatidas e transformadas em sucata.

A Takargo ganhou no final do ano passado o serviço de transporte do jet fuel entre a refinaria de Sines e a estação de Loulé, para abastecer os aviões no aeroporto de Faro, que era assegurado pela CP Carga.

A operação só arrancou em Fevereiro passado, sendo a tracção assegurada pelas locomotivas diesel da Takargo, Euro 4000. As únicas de que a companhia dispõe, aptas para circularem em Portugal e Espanha.

Uma vez que a Linha do Sul está electrificada, a utilização da tracção eléctrica reduziria os custos operacionais, além do que permitiria libertar as máquinas da Takargo para outros tráfegos.

No ano passado, a Takargo ultrapassou pela primeira vez a fasquia do milhão de toneladas transportadas, com os tráfegos ibéricos a representarem cerca de 85% desse volume.

Tags:

Comments are closed.