Nas próximas semanas, o porto de Tanger Med deverá retomar a actividade normal na movimentação de contentores, em resultado do acordo entre a Eurogate e os estivadores marroquinos válido para os próximos três anos.

Desde Outubro que o terminal de contentores gerido pelo grupo Eurogate estava inactivo por decisão do operador portuário, face às constantes paralisações promovidas pelos trabalhadores portuários locais.

O outro terminal de contentores de Tanger Med, concessionado à APM Terminals, não viveu a mesma conflitualidade laboral mas a sua actividade foi também seriamente afectada pelos receios sobre a fiabilidade dos serviços. E a verdade é que mesmo a Safmarine (do grupo AP Moller-Maersk) optou por retirar dali as suas escalas.

Com esta situação beneficiaram os portos espanhóis, em particular Algeciras, que viram contida, ao menos temporariamente, a forte concorrência do hub do Norte de África.

O acordo agora firmado entre o concessionário e os trabalhadores portuários marroquinos é válido para os próximos três anos. O regresso à actividade normal demorará ainda algumas semanas. Mas já ontem a CMA CGM terá escalado o terminal da Eurogate, curiosamente com um navio ao serviço do Angola Shuttle.

Comments are closed.