A concessionária do terminal de contentores de Leixões é a única candidata a equipar e operar o novo terminal de contentores do porto exterior de Ferrol, na Corunha.

A abertura das propostas só acontecerá no próximo dia 20, sexta-feira, mas terminado o prazo para apresentação das candidaturas é seguro que a Ferrol Container Terminal, controlada a 100% pela TCL, foi a única a responder ao concurso lançado em Março último pela autoridade portuária de Ferrol-San Cibrao.

Em causa está a concessão de um terminal que, quando concluído, disporá de um cais de 780 metros, prolongável até aos 1 460 metros, com fundos de -20 metros, e ocupará uma área total de 29 hectares. A concessão será feita por um período de 35 anos.

Ao TRANSPORTES & NEGÓCIOS, Lopo Feijó escusou-se a adiantar pormenores da proposta apresentada. Todavia, aquando do anúncio do concurso, em Março, responsáveis do porto de Ferrol falaram, sem especificar, num investimento de 100 milhões de euros.

A autoridade portuária será a responsável pela infra-estruturação do terminal, que deverá ser entregue ao futuro concessionário por fases. Os responsáveis do porto apontam para 2013 o início das operações.

Tanto quanto foi possível apurar, o futuro concessionário do terminal de contentores de Ferrol terá de garantir o arranque efectivo das operações assim o terminal esteja operacional. E igualmente ficará obrigado a cumprir mínimos de movimentação de contentores.

A autoridade portuária de Ferrol aposta em transformar o terminal de contentores numa referência na costa atlântica da Europa do Sul.

Ao TRANPORTES & NEGÓCIOS, Lopo Feijó lembrou o facto de se tratar de um “terminal que irá nascer de raiz, o que implica sempre algumas condicionantes” mas sublinhou “as potencialidades para servir as regiões da Galiza e da Cantábria”.

Comments are closed.