A TCL, concessionária de terminal de contentores de Leixões, atingiu em 2010 um volume de negócios de 40,45 milhões de euros, mais 2,5% que no exercício anterior.

O crescimento das receitas ficou aquém da evolução da actividade, que aumentou 6% para a casa dos 482 mil TEU.

No mesmo período, os lucros do TCL chegaram aos 5,966 milhões de euros, mais quatro milhões que o realizado em 2009, adiantou Lopo Feijó ao “JdN”.

Tal como o TRANSPORTES & NEGÓCIOS adiantou em primeira mão, o TCL tem em curso um investimento de 8,2 milhões de euros na compra de um pórtico panamax e de um pórtico de parque, destinados ao terminal Sul.

Os novos equipamentos – encomendados à portuguesa Eurocrane – ficarão operacionais no primeiro semestre do próximo ano.

No primeiro trimestre do ano corrente o TCL movimentou 123 704 TEU, 8% mais que no período homólogo de 2010 e o melhor resultado trimestral desde o inicio da concessão, em meados de 2000.

Comments are closed.