A FCT, detida a 100% pela TCL, recebeu finalmente a licença “temporária” para movimentar mercadorias no terminal de contentores de Ferrol. O início das operações continua sem data marcada.

Porto de Ferrol - Terminal de Contentores

Mais de quatro anos depois de ter ganho a concessão, a Ferrol Container Terminal está agora legalmente habilitada a operar, depois de receber a licença provisória de estiva. A licença definitiva está ainda em tramitação e será, agora, válida por 30 anos (o prazo inicial da concessão era de 35 anos).

A outorga da licença pela administração portuária de Ferrol é considerada o passo prévio ao início da actividade do terminal de contentores, sendo certo que ainda não há uma data marcada para a chegada do primeiro navio ao terminal da TCL nas águas galegas.

A concessionária FCT é detida a 100% pela TCL, concessionária do terminal de contentores de Leixões. O terminal de contentores de Ferrol está, por isso, abrangido pelo negócio de venda da Tertir aos turcos do Grupo Yildirim.

Na previsão inicial, a concessão do terminal de contentores de Ferrol representará um investimento global de cerca de 90 milhões de euros.

Com fundos de -20 metros, uma frente de cais de 500 metros e cerca de seis hectares de terrapleno pavimentado, o terminal de contentores de Ferrol arranca com dois pórticos de cais capazes de operar navios de +9 000 TEU (com um alcance de 18 filas de contentores a bordo) e quatro pórticos de cais.

 

Os comentários estão encerrados.