O governo espanhol aprovou o concurso para a construção do terminal ferroviário da Plataforma Logística de Badajoz. A obra demorará 12 meses.

A construção do terminal de mercadorias da Plataforma Logística do Sudoeste Europeu, em Badajoz, já tem luz verde do Ministério do Fomento espanhol. Foi aprovada, também, a ligação deste terminal à rede ferroviária.

O contrato tem um valor estimado de 12,1 milhões de euros e um prazo de execução de 12 meses. De acordo com o comunicado do Fomento espanhol, os trabalhos serão desenvolvidos pela Adif, embora a promoção e a propriedade correspondam à Junta de Extremadura.

O projecto consiste na “construção de um novo terminal ferroviário intermodal de interesse autonómico que ajude a promover o desenvolvimento do transporte ferroviário de mercadorias na Extremadura, com o objectivo de que as companhias dessa comunidade possam beneficiar de uma redução nos custos de importação e exportação de mercadorias”, indicam desde o ministério espanhol.

A ligação à rede ferroviária espanhola e portuguesa “permitirá o transporte de mercadorias pelo corredor do Sudoeste da Europa, promovendo a liberalização deste mercado e a integração de novos operadores ferroviários na Extremadura que aumentam as opções concorrenciais ao nível logístico”, acrescenta a nota governamental.

 

 

 

 

Comments are closed.