O Posto B do Terminal Petroleiro de Leixões retomou ontem as operações normais, depois de reparados os danos causados pelo embate de dois navios no passado dia 16, anunciou a APDL.

Leixões - Petroleiros

Em comunicado, a administração portuária sublinha a “importante cooperação da Galp” (concessionária do terminal) na reposição da operacionalidade do terminal  “em tão curto espaço de tempo” e “nas mais elevadas condições de segurança”.

O acidente que esteve na origem dos danos aconteceu no passado 16 de Janeiro mas só foi tornado público vários dias depois. O navio cargueiro Erasmos, fruto de uma avaria no leme, embateu no navio petroleiro Blue Emerald, que estava atracado no posto B do Terminal Petroleiro, tendo este último sofrido danos ao nível do casario.

No comunicado hoje emitido, a APDL destaca que “do acidente não resultou qualquer derrame, devido ao sistema automático de libertação do navio, nem qualquer vítima”.

 

Este artigo tem1 comentário

  1. O porto de Leixões não precisa apenas de dragar os cais dos terminais de contentores para se manter competitivo no futuro face ao porto de Sines, precisa igualmente de dragar os restantes terminais para que possa receber navios de maiores dimensões que já usam os terminais de Sines há muitíssimo tempo !!