A primeira criptomoeda do transporte marítimo de contentores, a TEU tokens, acaba de ser lançada pela ETH Smart Contract Tech.

 

O programador de blockchain sediado em Hong Kong vai entregar TEU tokens aos carregadores, transportadores e operadores logísticos integrados no seu projecto 300cubits.

A companhia irá emitir 20 milhões de TEU tokens, “personalizados como depósitos de reserva de envios digitais, usando tecnologia de blockchain, para resolver os problemas de extravio e rotação que atormentam a indústria do transporte de contentores”.

Os carregadores e transportadores interessados ​​precisam demonstrar sua elegibilidade para integrarem o projecto 300cubits. Actualmente, o acesso está restrito aos que compraram slots em 2016.

“Por exemplo, se o participante elegível pagou 50 milhões de dólares [40,2 milhões de euros] pelo transporte de mercadorias directamente às companhias de contentores ao longo de 2016, teria direito a pelo menos 0,03% [a percentagem que os 50 milhões de dólares representam nos 150 mil milhões de receita de todo o sector do transporte de contentores em 2016] dos TEU tokens a serem distribuídos aos clientes das companhias de transporte de contentores – cerca de 6,667”, de acordo com o prospecto.

O projecto 300cubits vai, segundo os seus responsáveis, fornecer 100 milhões de TEU tokens.

Num Q&A na newsletter da Alphaliner da semana passada, o co-fundador dos 300cubists, Johnson Leung, disse que a tecnologia poderia ajudar a resolver o problema do “no show” de 23 mil milhões de dólares/ano que atormenta há anos tanto as operadoras quanto os seus clientes.

 

 

Comments are closed.