A Infraestruturas de Portugal investirá 40,5 milhões de euros em sistemas de controlo-comando e sinalização na rede ferroviária. A Thales realizará os trabalhos.

O auto de início de trabalhos da empreitada foi assinado hoje. O contrato foi adjudicado à Thales Portugal, para
a concepção, fornecimento, montagem de um novo sistema de controlo-comando e sinalização e ainda a sua manutenção.

Os troços onde haverá um reforço dos sistemas de controlo-comando e sinalização localizam-se na Linha do Douro (troço Caíde-Marco de Canaveses-Régua), na Linha da Beira Alta (Pampilhosa-Vilar Formoso) e na ligação ferroviária Sines-Elvas (troço Évora-Elvas-Caia).

A Infraestruturas de Portugal diz que com esta intervenção haverá um “aumento da segurança”, assim como “a uniformização das condições de comando e controlo com as existentes na restante Rede Ferroviária, bem como a melhoria das condições de exploração, nomeadamente”.

As intervenções de modernização da Rede Ferroviária Nacional estão a ser desenvolvidas no âmbito do programa Plano Ferrovia 2020.

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*