O terminal de contentores de Tilbury, o maior porto de Londres, vai arrancar com um projecto de expansão de mil milhões de libras (1162 milhões de euros), noticia o “Financial Times”. A obra acaba por ser uma resposta à expansão, há três anos, do DP World London Gateway Terminal.

Tilbury

O projecto de expansão de Tilbury prevê a construção de um cais de águas profundas e um aumento da dimensão total do terminal dos atuais 343 para 445 hectares. Esta transformação irá permitir a Tilbury receber os maiores navios oriundos de África, Índia e Extremo Oriente.

Este investimento no porto londrino surge em pleno processo de saída do Reino Unido da União Europeia. Charles Hammond, CEO da Forth Ports, companhia proprietária de Tilbury, vê aspectos positivos e negativos no timing. “Se houver aumento de tarifas [após o Brexit] a pressão para conseguir ainda mais eficiência na cadeia de abastecimento será ainda maior. Há uma cultura de distribuição ‘just-in-time’ no Reino Unido e ninguém quer manter stock por mais do que um dia”, refere, citado pelo “Financial Times”.

Apesar do factor Brexit – e da já referida expansão recente do DP World London Gateway Terminal –, Charles Hammond tem como objectivo aumentar os volumes de mercadorias movimentados no terminal de Tilbury para 32 milhões de toneladas em 2026.

O volume de mercadorias movimentadas pelo porto de Tilbury cresceu 30% desde 2009/2010. Fechou 2016 com 13,5 milhões de toneladas, mais um milhão de toneladas do que no ano anterior.

 

 

Comments are closed.