O governo de Timor-Leste procura parceiros e investidores internacionais para concretizar os projectos de construção de um novo porto e de um novo aeroporto internacional.

Com esse objectivo, as autoridades de Díli promoveram na capital uma conferência internacional, com o apoio da Corporação Financeira Internacional, do grupo do Banco Mundial.

Participaram no encontro cerca de uma centena de quadros, incluindo 20 investidores nacionais e internacionais.

“Esta conferência serviu para convidar potenciais investidores a virem para Timor para intervir nos novos projectos, nomeadamente a construção do porto de Tíbar e do novo aeroporto internacional Nicolau Lobato”, afirmou o ministro dos Transportes e Comunicações, Pedro Lay.

O porto de Tíbar e o aeroporto Nicolau Lobato foram identificados como obras fundamentais no Plano Estratégico de Desenvolvimento de Timor-Leste para o período entre 2011 e 2030.

A Corporação Financeira Internacional é um organismo do grupo Banco Mundial vocacionado para a concessão de empréstimos e para a participação no capital social de algumas empresas, com o objectivo de apoiar o crescimento do sector privado nos países em desenvolvimento.

Comments are closed.