A TNT chegou a acordo com a ASL Aviation Group para a venda das suas filiais de transporte aéreo TNT Airways e Pan Air.

TNT

A venda desta área de negócio decorre da compra da TNT pela FedEx, por 4 800 milhões de dólares (4 300 milhões de euros), uma vez que a legislação comunitária impede que uma companhia não europeia detenha o controlo de uma companhia aérea europeia.

A ASL foi apontada desde a primeira hora como a candidata natural à compra das operações aéreas da TNT. Até porque o negócio já esteve para acontecer aquando da primeira tentativa de compra da TNT, essa protagonizada pela UPS, e que fracassou,

Os 54 aviões da TNT vão ampliar a frota da ASL para 130 aparelhos, número com o qual a companhia espera tornar-se num operador chave no mercado de carga aérea.

O acordo entre TNT e ASL Aviation Group prevê que esta passe a assegurar os voos até aqui operados pelas companhias aéreas da integrator holandesa e mantenha os contratos com companhias aéreas parceiras, clientes e fornecedores. Também os contratos com os trabalhadores terão de ser respeitados, e a sede da TNT Airways manter-se-á em Liège.

De salientar, porém, que o hub da TNT localizado no aeroporto daquela cidade da Bélgica não entrou no contrato com a empresa irlandesa, pois mantém-se como um activo estratégico para a FedEx.

 

 

Tags:

Comments are closed.