A Toyota apresentou uma segunda versão do seu camião eléctrico alimentado a hidrogénio que está a testar nos EUA, no âmbito do Project Portal.

Toyota aumenta autonomia do seu camião a hidrogénio

Baptizado de Beta, o novo camião tem mais 50% de autonomia do que o anterior, o Alpha, que fez mais de 16 mil quilómetros de testes a transportar mercadorias entre os terminais portuários de Los Angeles e Long Beach e estaleiros e armazéns de distribuição.

A nova versão do camião da Classe 8 (de longo curso, é a maior nos EUA) tem, de acordo com a marca japonesa, 480 km de autonomia, contra 320 km do concept anterior.

Apesar da maior autonomia, o Beta mantém a potência de 670 cv e 1796 Nm de binário e a capacidade de transporte (36 toneladas) do Alpha. Também igual é a motorização: duas pilhas de células de combustível Mirai e uma bateria de 12 kWh.

A Toyota vê no novo concept de camião eléctrico alimentado a hidrogénio do Project Portal uma ferramenta de teste à futura comercialização.

“Com o primeiro camião, o objectivo era validar a viabilidade industrial, o que fizemos. Desta vez, estamos a olhar para a viabilidade comercial”, refere, em comunicado, Craig Scott, director da Toyota North American Vehicle & Technologies.

 

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*