A Tracar anunciou a compra de dez novos tractores, num investimento de um milhão de euros na renovação da frota.

O negócio foi dividido entre a Renault Trucks (com os Premium Estrada 430DXi) e a Mercedes (com o Actros). Todos os veículos cumprem com os limites de emissões Euro 5.

Citado num comunicado da empresa de V.N. Gaia, Osvaldo José, administrador, justificou o investimento com a vontade de “modernizar a frota ao serviço do cliente” e de “manter a juventude do parque de viaturas, cuja idade média ronda os 3,5 anos”.

“Algumas das novas unidades destinam-se ao serviço nacional de longa distância e as restantes a serviços com frota dedicada a clientes”, acrescentou.

Reagindo à conjuntura económica, a Tracar decidiu recentrar a sua estratégia no mercado nacional “em detrimento do mercado internacional, por quebra de cargas à importação, e até que haja uma retoma da economia nacional e europeia”, sublinhou, há dias, Osvaldo José.

A compra dos novos veículos insere-se nessa renovada aposta no mercado doméstico, face à menor atractividade do mercado internacional.

O novo posicionamento estratégico está a ser feito sem o recurso a despedimentos, garante a empresa, “dando oportunidade a todos os motoristas do serviço internacional que manifestem interesse em permanecer na empresa possam continuar, mas agora no serviço nacional”.

Comments are closed.