O volume de mercadorias transportadas pelas Auto-Estradas do Mar (AEM) que têm origem/destino no porto de Barcelona cresceu 20% até ao final de Setembro em relação ao período homólogo de 2014.

Barcelona - Grimaldi

No total, foram ali movimentadas de 100 666 UTI. De acordo com a Autoridade Portuária de Barcelona (APB), aquele volume significa, portanto, que mais de 100 mil camiões foram desviados das estradas para o transporte marítimo.

A esmagadora maioria do tráfego, mais de 99 mil UTI, foi transportado nos serviços que ligam a capital catalã a Itália, casos de Génova, Livorno ou Savona. As restantes 1 570 UTI correspondem aos serviços de shortsea com ligação de Barcelona ao Norte de África, principalmente com Tanger (Marrocos).

A APB explica o crescimento das AEM com “o incremento de destinos e frequências de serviços por parte dos operadores”.

O tráfego total de mercadorias no porto de Barcelona, de Janeiro a Setembro, ascendeu a 34,9 milhões de toneladas, um volume em linha com o registado um ano antes. Já o movimento de contentores cresceu 4%, para 1,4 milhões de TEU.

Tags:

Comments are closed.