O transporte internacional de cruzeiros atingiu 24,7 milhões de passageiros em 2016, mais 6,4% do que o registado no ano anterior (23,2 milhões de passageiros), de acordo com a Associação Internacional de Linhas de Cruzeiros (CLIA em inglês). Este ano deverá voltar a ser de crescimento.

Cruzeiros - AIDAprima

A CLIA explica que grande parte do crescimento da indústria pode ser atribuído ao desenvolvimento contínuo do mercado asiático, com a capacidade oceânica a subir para 9,2% em 2016, 38% mais que em 2015.

A região do Caribe voltou, em 2016, a ser o principal destino dos cruzeiros, com uma quota de mercado de 35%, seguida do Mediterrâneo, com 18,3%.

A frota internacional de cruzeiros era composta, no final do ano passado, por 458 navios, com o lançamento de nove novos navios oceânicos e 17 novas embarcações fluviais. Estes 26 novos navios representara uma capacidade adicional de 28 mil passageiros.

A previsão da associação mundial do sector aponta para 25,8 milhões de passageiros transportados em 2017. A CLIA baseia o outlook na calendarização prevista de lançamentos de novos navios e de implantações regionais.

 

 

Tags:

Comments are closed.