A Transdev está a renovar a sua frota com 46 autocarros novos e 50 oriundos das outras filiais europeias, anunciou à “Lusa” o administrador-delegado do pólo rodoviário da multinacional francesa.

“Entre os autocarros que foram adquiridos no final do ano passado, e que só entram ao serviço este ano, e os autocarros adquiridos em 2012, serão 46 autocarros novos, aos quais vão juntar-se mais cinco dezenas de autocarros em muito boas condições vindos das nossas sucursais europeias”, afirmou Manuel Seabra.

A aquisição dos autocarros novos representa um investimento de cerca de 10,5 milhões de euros, disse o responsável, escusando-se a divulgar o valor dos 50 autocarros vindos das sucursais, afirmando que “são negociados dentro do grupo”.

Manuel Seabra disse que “este investimento vai reduzir a idade média da frota [de 1 416 autocarros] em seis meses, para 14 anos”.

O pólo rodoviário da Transdev em Portugal integra 22 empresas de transportes colectivos de passageiros, com actuação no Norte e Centro.

Em 2011, atingiu um volume de negócios consolidado de cerca de 102 milhões de euros, tendo sofrido uma redução de tráfego face ao ano anterior.

O segmento dos expressos foi uma excepção a esta tendência, tendo registado um crescimento de 12%. “As linhas expresso são as únicas que apresentam crescimentos saudáveis”, disse Manuel Seabra, adiantando que este crescimento ficou a dever-se ao aumento da procura por parte dos estudantes universitários, que estão a usar os transportes colectivos, “empurrados pela crise”.

Comments are closed.