A carga aérea é a mais recente aposta da Transitex, que assim continua a alargar a sua oferta de serviços a nível global.

Luís Pedro Vieira, até aqui country manager da Transitex no Chile, foi o escolhido para dirigir as operações de carga aérea a nível global, a partir de Lisboa.

O Departamento de Carga Aérea arranca com equipas dedicadas em Portugal, Espanha, Itália, Brasil, Perú e África do Sul.  Em todas, as equipas estão reconhecidas com IATA DG Cat 6
Certificate.

“A aposta na carga aérea surge como um complemento à vasta oferta de serviços prestados pela Transitex aos seus clientes, facilitando a movimentação dos seus produtos com rapidez e eficiência. Apostamos numa oferta door to door de uma forma integrada com a nossa rede de armazéns e escritórios Transitex na Europa, África, América Latina e Ásia – um added-value que os nossos clientes muito valorizam – permitindo-lhes terem apenas e só um interlocutor em toda a sua cadeia de abastecimento, desde a importação de matérias-primas até à entrega dos seus produtos ao cliente/importador em qualquer parte do Globo”, destacou o Air Cargo Manager, citado no comunicado emitido a propósito.

À partida de Portugal, a companhia é particularmente activa no transporte aéreo de cargas projecto e maquinaria para África, acompanhando a forte presença de empresas de construção civil nacionais naquele continente.

Em linha com a presença global da operadora, também o departamento de carga aérea deverá, a médio prazo, ir sendo autonomizado noutras geografias.

Tags:

Comments are closed.