Prometido aos empresários por José Sócrates no arranque do ano, realiza-se amanhã, no Europarque, o Congresso das Exportações.

A”Promoção das Exportações numa economia global” é o mote para o encontro, que reunirá em Santa Maria da Feira algumas centenas de empresa com uma forte componente exportadora ou com apetência e interesse em diversificar os mercados.

Os transportes e a logística, quer ao nível das infra-estruturas, quer ao nível dos operadores, estarão, espera-se, também bastante bem representados no evento. Em particular os agentes do sector marítimo-portuário, uma vez que será seguramente por eles que passará boa parte do sucesso do esforço de diversificação de mercados das exportações nacionais.

Note-se que os números do ano passado dos principais portos nacionais foram bastante suportados pelas exportações, com o crescimento das cargas embarcadas a superar, regra geral, o avanço das mercadorias desembarcadas.

Na mesma linha, e em geral, o movimento de contentores apresentou uma performance relativa bastante superior à dos outros tipos de mercadorias, sendo mesmo fundamental para explicar os resultados de portos como Sines ou Leixões.

O Congresso das Exportações pretende, pois, reunir todos quantos possam favorecer as vendas de bens e serviços portugueses ao exterior. Dada a multiplicidade dos temas, dos actores e dos interesses, os trabalhos desenvolver-se-ão em painéis transversais e em painéis sectoriais.

O Governo deverá marcar uma forte presença no evento, com uma comitiva de peso liderada pelo primeiro ministro.

Comments are closed.