O grupo Traton, insígnia de veículos pesados da Volkswagen, paralisou a produção em várias das suas fábricas europeias resposta ao surto do novo coronavírus.

A MAN Truck & Bus encerrou a unidade de Berlim e, ao mesmo tempo, reduziu o horário de trabalho de grande parte da força de trabalho das suas outras fábricas na Alemanha. A marca admite futuros encerramentos, em função das necessidades.

A Scania, por seu turno, anunciou o encerramento temporário de todas as suas unidades de produção no Velho Continente já a partir de hoje (dia 25), devido à falta de fornecimento de componentes e peças de reposição na cadeia de abastecimento para a produção dos seus camiões. A decisão afecta os trabalhadores nas fábricas da marca na Suécia, na Holanda e em França.

A Traton reduziu também a produção de fábricas localizadas fora da Europa. Mas a actividade da Volkswagen Caminhões e Ônibus, no Brasil, mantém-se, por enquanto.

Por outro lado, os serviços oficiais de todas as marcas do grupo Traton continuarão a operar na medida em que a cadeia logística de abastecimentos e peças for mantida.

 

Comments are closed.