O Tribunal de Contas detectou "incongruências nos registos contabilísticos", uma dívida sobreavaliada, pagamentos indevidos e "deficiências de controlo e contabilização" na receita própria do IMT . . .

 

*** CONTEÚDO DE ACESSO RESERVADO. FAÇA LOGIN OU TORNE-SE ASSINANTE T&N ***