Os Transportes Urbanos de Braga (TUB) vão comprar em leasing 14 autocarros a diesel ou gás natural, num investimento de até seis milhões de euros, anunciou ontem o Executivo bracarense.

“Queremos acelerar a renovação de frota, porque estamos com uma idade média elevada. Vamos assumir compromissos plurianuais para um leasing operacional para 14 viaturas que não serão eléctricas. Serão a diesel ou gás natural”, esclareceu, no final da reunião o administrador dos TUB, Teotónio Santos, em declarações aos jornalistas.

As novas viaturas deverão entrar ao serviço “nos próximos meses”, tendo o contrato uma duração de 16 anos, acrescentou.

Este investimento na renovação da frota dos TUB segue-se à decisão de comprar seis autocarros eléctricos. Uma opção que não foi agora mantida, o que mereceu críticas da parte da Oposição, quer da CDU quer do PS.

Em 2015, os TUB compraram 44 autocarros à STCP, num negócio de ocasião no valor de 250 mil euros, que também mereceu críticas.

No ano passado, os TUB transportaram mais de 11,6 milhões de passageiros (mais 4% face a 2016) e geraram receitas de 6,5 milhões de euros (idem). A empresa municipal conta já quatro exercícios consecutivos com lucros.

 

Tags:

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*